Meu Perfil
BRASIL, Homem



Histórico
 13/12/2009 a 19/12/2009
 29/11/2009 a 05/12/2009
 07/06/2009 a 13/06/2009
 03/05/2009 a 09/05/2009
 12/04/2009 a 18/04/2009
 29/03/2009 a 04/04/2009
 15/02/2009 a 21/02/2009
 07/12/2008 a 13/12/2008
 30/11/2008 a 06/12/2008
 09/11/2008 a 15/11/2008
 19/10/2008 a 25/10/2008
 24/08/2008 a 30/08/2008
 17/02/2008 a 23/02/2008
 10/02/2008 a 16/02/2008
 20/01/2008 a 26/01/2008
 03/06/2007 a 09/06/2007
 15/04/2007 a 21/04/2007
 18/02/2007 a 24/02/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 17/12/2006 a 23/12/2006
 03/12/2006 a 09/12/2006
 16/07/2006 a 22/07/2006
 21/05/2006 a 27/05/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 29/01/2006 a 04/02/2006
 02/10/2005 a 08/10/2005
 11/09/2005 a 17/09/2005
 10/07/2005 a 16/07/2005
 03/07/2005 a 09/07/2005
 26/06/2005 a 02/07/2005
 29/05/2005 a 04/06/2005
 15/05/2005 a 21/05/2005
 10/04/2005 a 16/04/2005
 06/03/2005 a 12/03/2005
 20/02/2005 a 26/02/2005
 06/02/2005 a 12/02/2005
 16/01/2005 a 22/01/2005


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


 
Histórias de um suicida psicossomático


A dor da Necessidade

A dor dos meus braços entorpece o meu ser,
A luxação em minhas pernas impedem-me de levantar,
O ardor nas vistas incrementa-me um novo mundo,
Os meus ossos não se equilibram mais...

As lágrimas não esperam o choro,
A vontade nem aguarda o fim do sono,
A pressa está sempre atrasada,
O amor já se foi,
Sem dizer pra onde.

O prazer não estimula,
O ódio não atormenta,
A saudade não se demora,
E o sonho complementa..

O meu grito ecoou forte,
As forças confiavam em mim,
O brando de uma voz forte,
Criou-se muro em um tenro laço nobre,

As cobras emanciparam-se,
As baleias não gemiam mais,
O muro continuou grande,
E as barbas para trás.

E depois...

O ardor deixou meus olhos,
Minhas pernas voltaram a andar,
Os meus braços levantaram de contente,
E desde então não sei mais rezar.


Escrito por Kinhodorian às 11h55
[] [envie esta mensagem]




[ ver mensagens anteriores ]