Meu Perfil
BRASIL, Homem



Histórico
 13/12/2009 a 19/12/2009
 29/11/2009 a 05/12/2009
 07/06/2009 a 13/06/2009
 03/05/2009 a 09/05/2009
 12/04/2009 a 18/04/2009
 29/03/2009 a 04/04/2009
 15/02/2009 a 21/02/2009
 07/12/2008 a 13/12/2008
 30/11/2008 a 06/12/2008
 09/11/2008 a 15/11/2008
 19/10/2008 a 25/10/2008
 24/08/2008 a 30/08/2008
 17/02/2008 a 23/02/2008
 10/02/2008 a 16/02/2008
 20/01/2008 a 26/01/2008
 03/06/2007 a 09/06/2007
 15/04/2007 a 21/04/2007
 18/02/2007 a 24/02/2007
 31/12/2006 a 06/01/2007
 17/12/2006 a 23/12/2006
 03/12/2006 a 09/12/2006
 16/07/2006 a 22/07/2006
 21/05/2006 a 27/05/2006
 07/05/2006 a 13/05/2006
 29/01/2006 a 04/02/2006
 02/10/2005 a 08/10/2005
 11/09/2005 a 17/09/2005
 10/07/2005 a 16/07/2005
 03/07/2005 a 09/07/2005
 26/06/2005 a 02/07/2005
 29/05/2005 a 04/06/2005
 15/05/2005 a 21/05/2005
 10/04/2005 a 16/04/2005
 06/03/2005 a 12/03/2005
 20/02/2005 a 26/02/2005
 06/02/2005 a 12/02/2005
 16/01/2005 a 22/01/2005


Votação
 Dê uma nota para meu blog


Outros sites
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis


 
Histórias de um suicida psicossomático


Medo de criança

Enquanto as luzes se apagavam,
Me contaram e eu acreditei:
Que o sonho poderia alcançar o que nunca peguei.
E enquanto eu dormia,
O meu sonho teimava em não vir.
Talvez fosse por pouco tempo,
Mas tardou e , agora, eu cresci sem sonhar.

As imagens que me apareciam
Confundiam o que eu queria ver.
Aos sangues e prantos derramados,
A vitória foi marcada sem perdão.
De tudo o que não sentia,
Ressentia o medo de sonhar
E ver que não podia
Enxergar o que me vinha para tentar alcançar.

Enquanto temia não conseguia
Enxergar o que eu queria ver.
Tentei lembrar do que me diziam,
Mas a voz entorpeceu o meu coração.
Quando criança, eu chorava,
Mas perdi o sentido e a razão.
Sentei sozinho, numa estrada,
Levantei e pedi, com as minhas mãos,
Pra não voltar.



Escrito por Kinhodorian às 23h26
[] [envie esta mensagem]




[ ver mensagens anteriores ]